sábado, 12 de março de 2011

"Cruzeirinho" tá virando "Cruzeiraço"

Para mim é surpresa, mas ao mesmo tempo orgulho a campanha do Esporte Clube Cruzeiro neste Campeonato Gaúcho. Antes chamado de "Cruzeirinho", por muitos de forma irônica, o "Cruzeiraço" vem resgatando sua história dentro do futebol regional. A meta do clube era manter-se na primeira divisão para 2012, mas está conseguindo muito mais do que imaginava.

No primeiro semestre o time da zona leste da capital derrotou o Inter na primeira rodada, conseguiu a classificação para as oitavas de final e eliminou o colorado nos pênaltis. Na semifinal enfrentou o Grêmio de igual para igual no Olímpico, mas acabou eliminado. Começou o segundo turno e o Cruzeiro segue surpreendendo. Venceu hoje por 2 x 0 na casa tricolor. Está certo que o Grêmio atuou com reservas, mas o Estrelado fez o dever dos times de menos porte, aproveitou-se da fragilidade do Grêmio e buscou importantes pontos contra a dupla GRENAL.

Foto: Fernando Gomes - Clic RBS

O Grêmio preservou seus titulares para o jogo contra o León, próxima terça-feira, no Perú. O time reserva não teve forças para superar o embalado Cruzeiro, que havia vencido o Porto Alegre por 8 x 0 na rodada anterior. O "cara", que deveria ser a referência técnica e de experiência do time, Carlos Alberto, mais uma vez decepcionou e foi expulso por simular um pênalti. Renato Portaluppi também protestou e acabou na rua.


Fotos: Fernando Gomes - Clic RBS

Para o tricolor, o jogo serviu para mostrar que André Lima fará muita falta. Os atacantes do elenco, Viçosa, Clementino, Lins e Wesley, são insuficientes. O clube terá que contratar. Enquanto não contrata, Renato terá que achar uma solução rapidamente, ou correrá o risco de ver Borges isolado, sem abastecimento no ataque. O Grêmio já está na final do Gauchão, mas precisa usar o segundo turno para afinar a equipe, que mesmo vencendo as decisões, tem carências na lateral-esquerda, no meio-campo e agora no ataque.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Gols de Nilmar em Bayer Leverkusen 2 x 3 Villarreal

video

Inter goleia e apresenta bons problemas para Celso Roth

O Inter não fez uma partida brilhante ontem contra o Ypiranga, mas mostrou boas armas para a sequencia da temporada. O grupo, como sempre foi comentado, tem muita qualidade e peças de reposição. A única questão que fica é: Celso Roth saberá lidar com o material que tem em mãos sem se atrapalhar?

A previsão é de que em no máximo 15 dias todo o grupo estará à disposição do treinador. A partir daí serão de 15 a 16 jogadores com potencial para serem titulares. Como o técnico vai montar a equipe? É possível abrir mão de Tinga, Oscar, Cavenaghi, Rafael Sóbis, Índio? Com todo mundo em condições, os citados acima são reservas.

Outra indicativa de Celso Roth é de que a equipe dentro de casa será uma e fora outra. No caso, em uma posição específica. Nos jogos no Beira-Rio o meio-campo terá Bolatti, Tinga, Guiñazú e D’Alessandro. Fora de casa Wilson Mathias ganha o lugar de Tinga. A alegação, que considero uma tremenda bobagem, é de que com Mathias o time ganha em altura. De que adianta ganhar em altura e perder em qualidade? Mas esta é a concepção de Roth, ele é quem tem o poder de decisão.

Menção especial a Leandro Damião. Pouco badalado no início de temporada, hoje é o principal jogador da equipe com 9 gols no ano, sendo 1 na Libertadores e 8 no Gauchão. Excelente fase que não tem deixado brecha para a contratação mais comemorada pela torcida vermelha, a de Fernando Cavenaghi.



Domingo o Inter pega o Caxias no Centenário. Um teste forte para a retomada na Libertadores, quarta-feira dia 16, contra o Jorge Wilstermann da Bolívia.

COMPACTO DE GRÊMIO X CAXIAS - FINAL DA TAÇA PIRATINI



COMPACTO COMPLETO DE GRÊMIO 2 (4) X 2 (1) CAXIAS.

GRÊMIO CAMPEÃO DA TAÇA PIRATINI (PRIMEIRO TURNO DO CAMPEONATO GAÚCHO NA COBRANÇA DE PÊNALTIS.


video


Grêmio e Caxias fizeram um jogo emocionante, típico de decisão. No início, o Caxias teve postura de time grande e dominou o Grêmio na maior parte do primeiro tempo. Fez 2 gols e poderia ter feito mais. Não conseguiu. Viu o tricolor descontar e voltou para o segundo tempo com postura de time pequeno, apenas se defendendo, toda a equipe atrás da linha da bola e abusando de fazer cêra. Foi castigado. O Grêmio pressionou, Márcio Chagas da Silva, árbitro da partida foi justo e deu 6 minutos de acréscimo. O time de Renato Portaluppi se aproveitou, pressionou e no último minuto dos acréscimos empatou com Rafa Marques.

A decisão foi para os pênaltis. A expectativa pairava sobre André Sangalli, que havia defendido 4 pênaltis em outra decisão, mas quem brilhou foi Victor, goleiro de Seleção Brasileira. Defendeu dois e Lúcio, na última cobrança botou a pá de cal sobre o time serrano.

Grêmio Campeão da Taça Piratini, garantido na final do Gauchão e com o segundo turno tranquilo para se concentrar na Libertadores, objetivo maior do clube em 2011.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Primeira decisão!


Hoje à noite teremos a primeira decisão do ano no futebol gaúcho. Grêmio e Caxias jogam no Olímpico para saber quem levanta a taça Piratini, correspondente ao primeiro turno do Campeonato regional.

A partida vale muito mais do que o título do primeiro turno, garante vaga na decisão geral da competição, que terá no seu final a partida entre o campeão do primeiro turno e do segundo.

Falando especificamente do Grêmio, o título significa poder jogar o segundo turno de sangue doce, priorizando a classificação para o mata-mata da Libertadores em condições favoráveis na tabela geral. É muito importante, pois quanto mais pontos somar na fase de grupos, maiores são as chances de jogar as decisões de mata-mata em casa.

Renato Portaluppi é um técnico que já pode ser considerado maduro e também é muito ousado. Não se limita a tentar não perder, joga seu time pra cima e desde o início dos jogos busca a vitória.



O time tem dois desfalques, Adílson e Lúcio, um importante na marcação e outro na armação e na velocidade. Os substitutos têm características diferentes dos titulares, mas não violentam o esquema de jogo do time. Fernando, de 18 anos, deve ser o volante. O garoto brilhou no Sul-Americano Sub-20 e deve receber oportunidade no time titular. É mais marcador que Adílson. O reserva de Lúcio é tarimbado. Carlos Alberto, mesmo que ainda devendo um pouco em termos de futebol é garantia de experiência em campo.

Já no time serrano, que há no mínimo três anos é a 3ª força do Estado, o jovem técnico Lisca tenta surpreender e dar aquele salto de treinador promissor para realidade. As duas pontas do time abrigam os principais jogadores. André Sangalli é um goleiro experiente e com rodagem no futebol nacional. O centroavante Lima vem se destacando com seus gols e torna-se uma importante arma para o Caxias.


Antes do jogo o Grêmio é total favorito, mas sempre é bom lembrar que o futebol é um dos únicos esportes em que os mais fracos podem surpreender e derrotar o time maior. Mesmo assim acho que o título será tricolor.

GRÊMIO
Victor, Gabriel, Rafael Marques, Rodolfo e Gílson; Fernando, Rochemback, Carlos Alberto e Douglas; Borges e André Lima.
Téc: Renato Portaluppi

CAXIAS
André Sangalli; Alisson, Edson Rocha, Neto e Gerley; Marcos Rogério, Itaqui, Edenilson e Balthazar; Everton e Lima.
Técnico: Lisca

Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Assistentes: Altemir Hausmann e Júlio Cesar Rodrigues dos Santos.

A Máquina do Cafezinho transmite ao vivo e abre os trabalhos a partir das 21:30 direto do Estádio Olímpico Monumental, com Ramiro Ruschel (@amiro_ruschel), Paulo Inchauspe (@inchauspe), Barth Lopes (@barthlopes) e Hans Anão (@hansanao).

O twitter da Máquina é @maquinadocafe. O torpedo 51-9127-1071.

Participem!

Mensagem de boas vindas!

A partir desta quarta-feira estou lançando um espaço para debates desportivos e divulgação de material. Nesta página os leitores poderão debater sobre futebol, conferir as narrações deste amigo na Máquina do Cafezinho e deixar sugestões sobre o meu trabalho.

Todos estão convidados a participar, enviando opiniões, denúncias, sugestões de temas a serem debatidos, imagens, vídeos e qualquer outro material que desejarem.

Sejam todos bem vindos, e que o debate seja feito em alto nível e sem baixarias.

Grande abraço do Ramiro Ruschel!